“Não muito inteligente. Não muito bonito. Não muito legal. Não muito engraçado. Esse sou eu: não muito.”

John Green.   (via cissuras)

Porque quando tu ama, ser fiel é um prazer, e não um sacrifício.


Johnny.    

(via verbeais)
“Eu creio em mim mesmo. Creio nos que trabalham comigo, creio nos meus amigos e creio na minha família. Creio que Deus me emprestará tudo que necessito para triunfar, contanto que eu me esforce para alcançar com meios lícitos e honestos. Creio nas orações e nunca fecharei meus olhos para dormir, sem pedir antes a devida orientação a fim de ser paciente com os outros e tolerante com os que não acreditam no que eu acredito. Creio que o triunfo é resultado de esforço inteligente, que não depende da sorte, da magia, de amigos, companheiros duvidosos ou de meu chefe. Creio que tirarei da vida exatamente o que nela colocar. Serei cauteloso quando tratar os outros, como quero que eles sejam comigo. Não caluniarei aqueles que não gosto. Não diminuirei meu trabalho por ver que os outros o fazem. Prestarei o melhor serviço de que sou capaz, porque jurei a mim mesmo triunfar na vida, e sei que o triunfo é sempre resultado do esforço consciente e eficaz. Finalmente, perdoarei os que me ofendem, porque compreendo que às vezes ofendo os outros e necessito de perdão.”

Mahatma Gandhi (via objetivar)

Não é a consciência que pesa, é o Espírito Santo que incomoda.

“A borboleta significa transformação de Deus. Existe uma história sobre um grupo, do antigo testamento, que andava com uma borboleta na roupa e para eles era um símbolo que dizia “queremos a Palavra como ela é, nós queremos segui-la sem mistura de deuses. Ser livres para o senhor e aguardar o Messias”. A borboleta também era um símbolo messiânico para aqueles que aguardavam a manifestação do Filho de Deus. O símbolo da borboleta é a revelação da ressurreição, de transformação, de um novo tempo, uma nova força, uma nova cor. Eu sinto o Senhor mudando as minhas asas, me dando um novo colorido, um novo tempo para voar, fortalecendo as minhas asas. A borboleta demora um tempo até se abrir toda, é como o pulmão se enchendo de ar. E ela só pode voar quando o sopro entra em suas asas. Então, Deus está me soprando para que voe nesse tempo.”

— Fernanda Brum.